Quinta do Marujal

Montemor-o-Velho, Vila Nova da Barca

Imagem de apresentação

Descrição

A Quinta do Marujal, englobando as construções da casa e da capela de Santa Leocádia, localiza-se na paisagem dos campos agrícolas do Baixo Mondego, sobre a margem esquerda do rio.
A casa, hoje quase totalmente arruinada, terá sido edificada no período de transição entre os séculos XVI e XVII. Na fachada principal, voltada a norte, existia um corpo central ladeado por torreões, com uma varanda definida por uma colunata (no piso superior), assente sobre os pilares e as arcarias do piso térreo.
A capela, situada a curta distância da casa, encontra-se abandonada e a degradar-se rapidamente. É constituída pela capela-mor abobadada, de planta circular, e pelo corpo da nave, de cobertura de madeira. Ostenta a data de 1541 no arco triunfal da capela-mor.

Material produzido

O trabalho desenvolvido consistiu essencialmente na recolha bibliográfica e documental, no levantamento das estruturas existentes e na realização de um registo fotográfico do estado atual do conjunto. Com base na consulta e análise da informação escrita e gráfica disponível (onde se destacam os textos de Maria de Lurdes Craveiro e os desenhos de levantamento realizados por José Luís Madeira) desenvolveu-se uma hipótese de reconstituição da casa e da capela, tanto através do desenho como da modelação 3D.

Registo fotográfico

Material documental

Desenhos de levantamento

Desenhos de interpretação

Bibliografia

  • CRAVEIRO, Maria de Lurdes - Diogo de Castilho e a arquitectura da renascença em Coimbra. Coimbra: FLUC, 1990. Dissertação de Mestrado em História de Arte
  • CRAVEIRO, Maria de Lurdes - Renascimento em Coimbra: modelos e programas arquitectónicos. Coimbra: FLUC, 2002. Tese de doutoramento em História da Arte

Créditos

Ana Rita Gomes • Ana Sofia Neves • Daniel Gameiro • Vicente Nequinha
2012/2013



Do mesmo tema...