Quinta da Fôja

Figueira da Foz, Ferreira-a-Nova

Imagem de apresentação

Descrição

A Quinta da Fôja foi uma das propriedades do Mosteiro de Santa Cruz de Coimbra no Baixo Mondego. O seu edifício principal é um imponente solar, marcado pela sua longa fachada simétrica e austera, virada a norte, flanqueada por torreões de planta quadrada. A eixo o volume apresenta a escadaria de acesso ao piso nobre. No piso térreo, duas passagens, dispostas a cada lado, permitem a comunicação para o jardim das traseiras da casa.
No torreão poente desenvolve-se a capela de N.S. da Conceição, fundada em 1593, com serventia tanto pelo exterior como pelo interior do edifício. No pavimento encontra-se a campa de D. Tomás da Conceição, prior geral dos crúzios, falecido em 1810.
No piso nobre é curiosa a disposição do que aparentam ser as antigas celas dos frades, ao longo do corredor, viradas para trás, para sul e para o vale do Mondego – compare-se com a situação oposta da Quinta da Almiara (que também pertenceu aos crúzios) situada a sul do Mondego, em que as celas se viravam para norte, também para o vale do rio.

Material produzido

O trabalho desenvolvido consistiu essencialmente na recolha do levantamento existente, e seu redesenho, e na produção de um registo fotográfico do estado atual do edifício.

Registo fotográfico

Material documental

Desenhos de levantamento

Bibliografia

  • BOBONE, Carlos - A Quinta de Fôja do Século XI ao século XXI. Lisboa: Inapa, 2005
  • CARVALHO, António José Arquitectura setecentista no Baixo Mondego Litoral. Coimbra : [s.n.], 2011. Dissertação de mestrado em História da Arte, Património e Turismo Cultural, apresentada à Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra
  • CORREIA, Vergílio; GONÇALVES, António Nogueira - Inventário Artístico de Portugal - Distrito de Coimbra. Lisboa: Academia Nacional de Belas Artes, 1953, p.96
  • SIPA

Créditos

Armindo Almeida • Danny Almeida • Dimas Santos
2012/2013



Do mesmo tema...