Mosteiro de Santa Cruz

Coimbra

Imagem de apresentação

Descrição

O Mosteiro de Santa Cruz foi fundado em 1131 pela Ordem dos Cónegos Regrantes de Santo Agostinho, datando a primitiva igreja românica, da qual hoje apenas restam vestígios, do século XII. No início do século XVI, o rei D. Manuel promove uma extensa campanha de obras que conferiu à igreja o aspeto próximo do atual. Os trabalhos reflectiram-se numa igreja nova de nave abobadada, marcada por duas torres na fachada, destacando-se ainda os trabalhos da nova sala do capítulo e sacristia e a reconstrução do claustro do Silêncio.
A reforma dos Cónegos Regrantes de Santo Agostinho, iniciada por Frei Brás de Braga em 1527, dá início a uma 2ª campanha de obras quinhentistas, então impulsionadas por D. João III. Destacam-se a nova portaria e respetivo claustro (hoje desaparecidos), o claustro e a fonte da Manga, o novo refeitório a norte do claustro do Silêncio, e um extenso dormitório no nível superior do convento, de que hoje resta apenas uma parte.
Já no século XX, foram demolidas algumas estruturas para permitir a abertura da Avenida Sá da Bandeira, e procederam-se a obras de adaptação do mosteiro nos espaços onde funcionam atualmente os serviços da Câmara Municipal de Coimbra.

Material produzido

Baseado nos documentos escritos e gravuras antigas conhecidas, o trabalho desenvolvido consistiu na interpretação do edifício quinhentista do mosteiro e na produção de desenhos relativos às fachadas norte e poente, planta e cortes da ala do dormitório, e sequência em corte dos claustros da Portaria, do Silêncio e da Manga.

Registo fotográfico

Material documental

Desenhos de interpretação

Caderno de desenhos

Bibliografia

  • CRAVEIRO, Maria de Lurdes dos Anjos - O Mosteiro de Santa Cruz de Coimbra. Coimbra: Direcção Regional da Cultura do Centro, 2011
  • CRAVEIRO, Maria de Lurdes - Renascimento em Coimbra: modelos e programas arquitectónicos. Coimbra: FLUC, 2002
  • COUTO, Fernando - Mosteiro Santa Cruz de Coimbra : análise e reconstituição. Coimbra: DARQ-FCTUC, 2014. Dissertação de Mestrado em Arquitectura
  • DIAS, Pedro - A Arquitectura de Coimbra na Transição do Gótico para a Renascença: 1490-1540. Coimbra: EPARTUR, 1982. Tese de Doutoramento em História da Arte
  • LOBO, Rui - Santa Cruz e a Rua da Sofia: arquitectura e urbanismo do século XVI. Coimbra: Edarq, 2006
  • MENDANHA, Francisco de - “La Descripçam e debuxo do moesteyro de Santa Cruz de Coimbra”, 1541; in Boletim da Biblioteca da Universidade, Vol.XIII, 1958. p.417-436
  • SIPA | DGPC

Créditos

Fernando Couto • Inês Parreira • Joana Roseiro • Tânia Oliveira
2012/2013



Do mesmo tema...